top of page
Search

Porque custa começar?

Todas as circunstâncias do dia de hoje fazem com que seja quase impossível sair da cama: “os termómetros marcam temperaturas quase negativas, o fim de semana nunca foi suficiente para descansar, deixei mil coisas por fazer e não me apetece ir trabalhar.”


Temos três hipóteses perante as segundas de manhã:

1. Não nos levantamos de todo e renunciamos às nossas responsabilidades

2. Vamos a muito custo

3. Mudamos o mindset


Ora, a primeira opção, ainda que tentadora, não nos parece ser solução. Somos um ser de capacidades quase infinitas, temos responsabilidades para connosco e terceiros com quem nos comprometemos e, sabemos que a inércia compromete a nossa saúde mental.


A segunda hipótese é a decisão mais rápida e mais procurada. Vamos a custo, com o peso do trabalho, seguimos para o trânsito mal dispostos e ensonados. Trabalhamos, voltamos para casa e tudo se repete até à próxima segunda-feira.


A terceira hipótese pode parecer impossível. Mudar o mindset, como? Por onde começar? Para quê? O quê?


Muitas perguntas e tão pouco tempo porque a segunda-feira avança e eu já devia estar no trânsito.


Hoje, quando voltar, faça uma lista de prioridades para o que o faz feliz. É um projecto novo no trabalho que sempre quis apresentar? É um novo desafio pessoal? É a introdução de uma alimentação saudável? Ou de exercício físico na sua vida? O que quer mudar?


Hoje escolha uma. No próximo mês outra. Faça planos, calendarize, procure estratégias e faça acontecer.


Custa começar e, por isso, desafiamos a começar pelas coisas mais pequenas, mas que terão muito impacto nas próximas segundas-feiras do ano.


Neste processo de mudança, conte connosco para o acompanhar. Na GO Coaching, desenvolvemos estratégias e acompanhamos passo a passo a gestão da mudança.



コメント


bottom of page