Search

Porquê fazer coaching?

Acabei agora mesmo de fazer uma primeira sessão de um processo de coaching.

Não podendo obviamente partilhar como foi a sessão e do que se falou em concreto gostava de partilhar o que temos recebido como feedback dos nossos clientes.


1º Ter um espaço para partilhar ideias que estão na cabeça.

Só o facto de saber que alguém está a ouvir e a prestar atenção ao que é dito é algo muito reconfortante para as pessoas.


2º Ser desafiado a novas perspectivas.

É muito comum no meio de uma sessão ouvir o cliente dizer “Ah! Isso é uma excelente pergunta. Nunca tinha pensado nessa perspectiva.”

Fazer com que o cliente consiga abrir o leque te opções e começar a ver mais hipóteses das que tinha inicialmente colocado em cima da mesa é mais uma vantagem de um processo de coaching.


3º Fazer com que a pessoa tenha uma visão ou mais emocional ou mais racional, procurando o contraponto do que costuma fazer.

Ou seja, vamos imaginar uma pessoa que vem para a sessão com uma checklist de ideias muito bem definida com prós e contras já pensados. É interessante desconstruir essa vertente, pedir para se esquecer da análise mais racional e levá-la àquilo que possa ser o seu sonho, a sua inspiração, a sua motivação máxima.

Podemos fazer exatamente o contrário com alguém que é mais emocional e que partilha connosco uma visão muito sonhadora daquilo que quer, pedindo para colocar no papel as suas ideias e analisar os pós e contras numa vertente mais racional.

Esta dualidade volta a ajudar o cliente a abrir o leque de opções e a encontrar novas respostas a perguntas já existentes.


4º A motivação para fazer acontecer.

É muito comum termos sessões com pessoas que há muito tempo estão em reflexão sobre um tema e que sentem dificuldade em atuar sobre essa reflexão. Os nossos clientes muitas vezes partilham no final das sessões que se sentem reenergizados e com vontade de fazer contactos, pesquisas, colocar novas abordagens em ação.

Os planos de ação e os compromissos que se criam são essenciais para o percurso que se irá percorrer.


Há quem diga que coaching é o alcançar de objetivos, há quem diga que coaching é o processo para se alcançar um patamar onde nos sentimos melhor, mesmo que não corresponda a 100% do objetivo previamente dividido.


E eu em particular gosto da flexibilidade que a junção de ambas as visões nos dão.

É bom ter o objetivo definido e querermos alcançá-lo exatamente como o queremos e também é bom podermos ser flexíveis e estarmos preparados para incorporar o que a vida nos trás para percebermos se mantemos ou se alteramos o objetivo prévio.


Se quer fazer uma caminhada de auto-descoberta e fazer um processo de coaching a GO Coaching está disponível para caminhar consigo.